terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Flores, esperança e otimismo




Flores, Esperança e Otimismo

Estamos no mês de setembro e a Primavera se aproxima.
É a estação onde nossos sentimentos se renovam, assim como as flores que brotam e espalham a sua beleza. Suas cores e seu perfume nos chamam a atenção...
E os bons sentimentos nos contagiam durante as tardes longas e o clima mais ameno. Essa mudança na paisagem pode, se permitirmos, nos levar a uma viagem para dentro de nós mesmos, olhando a vida com mais cuidado.
Assim como a natureza se transforma e busca o equilíbrio após a estação do frio e da seca, também nossa vida deve buscar mudanças.  Esse é o otimismo.
Rubem Alves, em uma de suas reflexões, afirma: " Esperança é o oposto do otimismo.  Otimismo é quando, sendo primavera do lado de fora, nasce a primavera do lado de dentro. Esperança é quando, sendo seca absoluta do lado de fora, continuam as fontes a borbulhar dentro do coração. O otimismo se alimenta de grandes coisas. Sem elas, ele morre.  A esperança se alimenta de pequenas coisas."
No meio de um mundo com tantas turbulências, não podemos nos deixar brutalizar, nos entristecer e perder a esperança de um mundo melhor.
Nosso mundo interno, nosso refúgio interior deve nos nutrir através da paz que lá habita. 
Não podemos perder as forças que sustentam nossa esperança. 
Não podemos encolher nossos sonhos e limitar nossas expectativas.
Vale ter a certeza que o deserto irá florescer, vale ter a convicção que haverá algo novo, especialmente quando se nota tudo tão árido.....precisamos crer que a vida nos foi dada para a plenitude, devemos buscar meios para que a vida flua e volte a acontecer com qualidade para todos. Temos força para construir novos experiências e buscar novos caminhos.
É fundamental crer e ter fé na vida.
Creio que o otimismo e a esperança devem caminhar de mãos unidas, para que o equilíbrio, a bondade e a solidariedade voltem a fazer parte de nossas vidas.
E nada como a sensação boa de que as flores estão voltando....
                                                                      Maria Tereza Giordan Góes
                                                                         CRP06/19135
                                                                        www.tereza.psc.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário